Esporte

Hulk é acusado de agredir auxiliar de time adversário na China

Publicada em 08 de Maio de 2017 ás 06:01:00
AFP


O brasileiro Hulk está imerso em polêmica com toques racistas, depois de confusão com o auxiliar técnico do adversário na última vitória do Shanghai SIPG contra o Guizhou Zhicheng, por 3 a 0, no último sábado (06).

O atacante de 30 anos foi acusado de agredir e insultar Yu Ming, assistente do Guizhou porque "detesta os chineses", segundo denúncia do treinador da equipe, Li Bing.

O técnico explicou nas redes sociais que no intervalo do jogo entre as equipes, Hulk e Yu discutiram. O brasileiro teria "socado Yu Ming no rosto e derrubado o auxiliar", antes de ser parado pelos agentes de segurança do local.

 

Depois do jogo, Li declarou aos jornalistas que "os estrangeiros estão aqui para elevar o nível do futebol chinês, que Hulk é forte tecnicamente, mas não poder estar aqui porque detesta os chineses", acusou.

O Shanghai SIPG negou as acusações em comunicado.

Depois de conferir as imagens das câmeras de segurança, o clube falou que o incidente não aconteceu e acusou os técnicos rivais de "fazerem comentários inapropriados, provocando a hostilidade entre jogadores estrangeiros e chineses, com impacto muito negativo para nosso clube e para a Super Liga chinesa".

Em resposta aos comunicado, Li insistiu que Hulk "insultou e depois agrediu alguém", mas admitiu que algumas de suas expressões foram exageradas por conta de um desequilíbrio emocional.

Hulk é uma das estrelas do futebol chinês e chegou ao país vindo do Zenit, por 55 milhões de euros. 

 

Da AFP 

 

Fonte/Autor: Diário News Bahia

Comentários

Diário News Bahia - Direitos reservados
E-mail: contato@diarionewsbahia.com.br