Variedades

Maestro Antônio Carlos Gomes pode ter nome incluso no Livro dos Heróis da Pátria

Publicada em 02 de Maio de 2017 ás 15:10:01
Reprodução/Internet


 Autor da ópera O Guarani, o maestro Antônio Carlos Gomes pode se tornar o mais novo brasileiro ilustre a ter seu nome inscrito no Livro dos Heróis da Pátria, mantido no Panteão da Liberdade e da Democracia, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. É o que sugere projeto da Câmara dos Deputados (PLC 57/2016) aprovado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) nesta terça-feira (2). A matéria seguirá agora ao Plenário, para votação final.

Os acordes que marcam a abertura do programa A Voz do Brasil, veiculado sempre às 19h dos dias úteis, em cadeia nacional de rádio, fazem parte de “O Guarani”. Nascido em Campinas (SP), em 1836, o maestro teve o mérito de sair de um país periférico para fazer sucesso num dos mais importantes teatros de ópera do mundo, o Teatro Scala de Milão, na Itália. A casa foi palco de estreia dessa que é a mais famosa peça de sua vasta obra musical.

O projeto para a inclusão do maestro no Livro dos Heróis da Pátria é de autoria do deputado Paulo Freire (PR-SP). Para o autor, Carlos Gomes não apenas projetou o Brasil no cenário musical internacional, em pleno século XIX, como também continua a encantar os apreciadores das suas composições.

Na CE, o relatório favorável ao projeto, preparado pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), foi apresentado pelo colega Antonio Anastasia (PSDB-MG). Para os senadores, a homenagem ao maestro é uma forma reconhecer seu mérito artístico e promover a difusão da cultura nacional.

Trajetória

Antônio Carlos Gomes começou a estudar música aos dez anos e, em 1860, deixou Campinas e foi para o Rio de Janeiro para ter aulas no Conservatório de Música. Logo apresentou suas primeiras óperas: "A Noite do Castelo" (1861) e "Joana de Flandres" (1863).

Com o apoio do imperador Pedro II, ele foi para Itália, onde recebeu em 1866 o título de maestro no Conservatório de Milão. Quatro anos depois estreou no Teatro Scala de Milão a ópera "O Guarani", baseada no romance de José de Alencar. Ao longo da carreira compôs outras óperas, como "O escravo" e "Hino a Camões".

Carlos Gomes morreu em 1896 na cidade de Belém (PA), em 16 de setembro, aos 60 anos, vitimado por um câncer. Então, ele ocupava a diretoria do Conservatório de Música de Belém.

Educação a Distância

A CE aprovou outro projeto da Câmara, o PLC 67/2016, que institui o dia 27 de novembro como Dia Nacional de Educação a Distância. A proposta também irá a Plenário, para decisão final. A autora, deputada Professora Dorinha (DEM-TO), explica que a intenção é comemorar a rápida expansão desse sistema na atualidade, além de incentivar a adesão das novas gerações.

Dorinha ressalta que a aprendizagem fora da sala de aula convencional, com o apoio de diferentes tecnologias, vem há décadas ajudando no crescimento da mão de obra qualificada no Brasil. Registrou que hoje pelo menos 15% de todos os universitários no país estão cursando o ensino superior por meio da internet e de satélites artificiais, em programas credenciados pelo Ministério da Educação.

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF), relator da matéria, considerou oportuno reconhecer a contribuição que vem sendo dada pela educação a distância para a redução das desigualdades de acesso à educação no país.  Para o senador, o modelo se revela como meio eficaz para a expansão e melhoria da qualidade da educação.

 

Fonte/Autor: Diario News Bahia

Comentários

Diário News Bahia - Direitos reservados
E-mail: contato@diarionewsbahia.com.br