Mundo Digital - Diário News Bahia

Entrevistas

'O movimento feminista no Brasil é o mais organizado da América Latina'


Turismo

Destinos saborosos do chocolate brasileiro


Mundo Digital

Samsung vai desabilitar Galaxy Note 7 para impedir uso
A Samsung anunciou, na sexta-feira (9), que vai desabilitar todos os Galaxy Note 7 nos Estados Unidos para impedir que consumidores continuem utilizando os aparelhos. A medida vem depois de diversos casos de explosão de smartphones no momento em que as baterias eram recarregadas. De acordo com a empresa, 93% dos aparelhos no modelo defeituoso foram devolvidos à companhia após recall. Agora, para impedir o uso dos smartphones restantes, a Samsung fará uma atualização no sistema que vai impedir a recarga de bateria. “Para incrementar o recolhimento, haverá uma atualização do software, a partir de 19 de dezembro, que impedirá a recarga dos Galaxy Note 7 nos Estados Unidos e eliminará sua capacidade para funcionar como dispositivo móvel”, afirmou a empresa, em nota. Cerca de 2,5 milhões de Galaxy Note 7 foram retirados do mercado de 10 países após relatos de explosão durante recarga de bateria. Os consumidores podem trocar o aparelho por outro modelo da marca ou receber dinheiro de volta.

Leia Mais

Nova rede social aposta no Brasil como segundo mercado no mundo
Se os brasileiros reclamavam da ausência de privacidade nas atuais redes sociais, está chegando ao Brasil, ainda neste mês, o MeWe. A opção, segundo os idalizadores, é mais privativa. Com 1,5 milhão de usuários nos EUA, em apenas cinco meses, a empresa aposta no Brasil como seu segundo mercado. Abas com conversas privadas, feeds de postagens para amigos e áreas de notificações estão entre os atrativos do MeWe, que já está disponível para o iOS e Android. A garantia da empresa é que apenas os destinatários das conversas podem visualizar o que é publicado. Outra promessa é que nenhum dado pessoal será transformado em conteúdo publicitário. "Essas empresas (Facebook e Google) nos espionam para ganhar dinheiro. Você é o produto. É uma forma errada de pensar. Para nós, o produto sempre será o serviço que oferecemos", afirma Mark Weinstein, CEO da empresa, em visita ao UOL, em São Paulo. Ele ainda ressaltou que é possível verificar a quantidade de usuários online. "Conseguimos ver quantas pessoas estão online e quantas fotos foram postadas, mas não o conteúdo. Levamos a privacidade tão a sério que incluímos uma cláusula no nosso contrato que diz que qualquer mudança nesse sentido será avisada por e-mail e com alguma opção clara para que o app seja usado como era antes da alteração".

Leia Mais

Site ajuda a monitorar preços na Black Friday
O site para buscas online 'Buscapé' promete ajudar o usuário que deseja realizar compras com preço justo e em segurança durante a Black Friday. A super promoção será nesta sexta-feira (25) no Brasil e deve contar com descontos de até 80% em diversos produtos. O Tech Tudo destaca que o consumidor poderá consultar o histórico de preços, com os valores cobrados nos últimos meses e conferir se houve um aumento repentino. Além disso, a plataforma faz comparações que garante compras com reembolso de até R$ 5 mil para problemas com lojistas parceiros e permite criar alertas caso seu produto esteja na faixa de preço escolhida por você. Segundo a publicação, o usuário também pode encontrar o histórico de preços no final da página do produto, podendo personalizar em 30 dias, 3 meses, 6 meses ou 1 ano. O site apresenta ainda um selo mostrando o valor na Black Friday de 2015 para ter uma ideia mais clara se a oferta está valendo a pena. Uma das vantagens é que você consegue saber se algum lojista está se aproveitando do evento para “simular” um desconto, ou seja, aumentar o preço para depois diminuir.

Leia Mais

 Cientistas criam bateria de celular que carrega em segundos e dura vários dias
Recarregar os celulares em poucos segundos e menos de uma vez por semana poderá ser realidade no futuro. Isso graças aos novos supercondensadores desenvolvidos por especialistas de nanotecnologia, na Universidade da Flórida Central. As informações são da Agência ANSA. Os estudiosos desenvolveram dispositivos que são capazes de armazenar rapidamente mais energia que as tradicionais baterias de lítio e sem perder sua estabilidade energética durante mais de 30 mil recargas. Hoje, uma bateria normal começa a perder cada vez mais potência a partir do 18° mês de uso. Em média, isso soma 1,5 mil ciclos com estabilidade intacta. A pesquisa, publicada na revista especializada "ACS Nano", reporta que a nova tecnologia poderá ser expandida para os carros elétricos. O segredo da inovação está no uso de baterias bidimensionais. Muitos pesquisadores já haviam tentando usar a técnica no passado, por exemplo, com o grafeno. Mas ninguém tinha conseguido efetivamente alcançar tal potencial. O grupo norte-americano liderado por Yeonwoon "Eric" Jung ganhou este desafio tecnológico aproveitando um novo enfoque de síntese química, juntamente com supercondensadores compostos por milhões de microscópicos fios, revestidos por materiais bidimensionais. Dessa forma, o "coração" dos eletrônicos se torna um alto condutor de energia, e com mais densidade, energia e potência.

Leia Mais

Como identificar notícias falsas no Google e no Facebook
Acusados de favorecer indiretamente a eleição de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos ao não filtrar notícias falsas que circulavam na rede, Google e Facebook prometem uma ofensiva contra sites que publicam informações enganosas. As gigantes do Vale do Silício anunciaram que pretendem adotar um algoritmo específico para bloquear informações enganosas e também impedir que as publicações se beneficiem de seus serviços de publicidade. Para especialistas, o papel principal na seleção de notícias cabe ao usuário: mais do que vítimas, os leitores são cúmplices no compartilhamento de mentiras na internet. Levantamento realizado pelo site BuzzFeed a partir das notícias políticas mais compartilhadas nas redes sociais apontou que, nas semanas anteriores à eleição americana, o número de informações falsas superou o de notícias verdadeiras. Blogs e sites sem nenhuma credibilidade com o público haviam deixado jornais centenários, como The New York Times e The Washington Post, para trás. Os links mentirosos com mais compartilhamentos demonstravam claro apoio ao republicano Donald Trump. "A explicação para o sucesso de páginas que veiculam mentiras é uma só: elas falam o que as pessoas querem ouvir. Diferentemente de publicações jornalísticas, que têm o dever de trazer mais de uma versão dos fatos, esses sites reforçam as crenças desse público e, por isso, são atrativos", explica Marcelo Crispim da Fontoura, professor de jornalismo digital da PUCRS. Disseminar mentiras não é exclusividade do campo político, diz Daniel Bittencourt, coordenador do curso de Comunicação Digital da Unisinos diz que "o acirramento eleitoral tem dado mais visibilidade para esses casos, mas na cobertura de celebridades isso é bastante comum. A diferença é que agora se unem dois polos: pessoas que compartilham mentiras porque não identificam a informação como sendo falsa e aqueles de má-fé que, mesmo reconhecendo a fraude, repassam-na porque reforça sua visão de mundo".

Leia Mais

Facebook compra empresa de reconhecimento facial
O Facebook comprou a empresa FacioMetrics, especializada em tecnologia de reconhecimento facial. Com isso, busca competir de igual para igual com o Snapchat. "A maneira como as pessoas compartilham e se comunicam está mudando e coisas como máscaras e outros efeitos permitem às pessoas expressar a si mesmas de formas divertidas e criativas", escreveu um porta-voz do Facebook em um e-mail enviado à AFP. "Estamos emocionados ao dar as boas-vindas à equipe da FacioMetrics, que ajudará a dar efeitos alegres a fotos e vídeos e a construir experiências de trocas mais atrativas no Facebook", completou. De acordo com O Globo, os termos financeiros do acordo não foram revelados pelas empresas. A tecnologia tem potencial para aplicativos variados, incluindo os que são concentrados em animação, reações de medição da audiência e realidades virtuais ou ampliadas.

Leia Mais

tecmundo
WhatsApp já permite fazer chamadas de vídeo
Muitos usuários pediam o recurso de chamadas em vídeo no WhatsApp, e o aplicativo finalmente atendeu as solicitações. Nesta segunda-feira (14), já é possível utilizar a ferramenta. Segundo o site Olhar Digital, a assessoria do app informa que a atualização pode levar alguns dias para chegar a todos os usuários, mas está programada para ser liberada para Android, iOS ou Windows Phone. As ligações por vídeo só funcionam se os dois lados da conversa tiverem o recurso ativado.

Leia Mais

Brasileiro surge entre Apple e Google em lista de ‘melhores projetos’
O brasileiro Zeno Rocha, de 25 anos, conquistou algo incrível entre os desenvolvedores de internet do mundo. Ele, que é de Curitiba mas vive em Los Angeles, nos EUA, está na lista dos donos dos 10 maiores maiores lançamentos de projetos open sources (código aberto) do planeta, segundo o GitHub. Detalhe: ao lado de empresas como Facebook, Google, Microsoft e Apple. sites, aplicativos, redes sociais e demais serviços de rede, praticamente, começam a partir de um projeto de código aberto, que é colocado inicialmente no GitHub. O GitHub é um ambiente usado por todos os desenvolvedores do planeta como repositório de projetos open source. Todos os códigos do mundo estão lá, inclusive os de gigantes como o Google e Apple. E um outro detalhe é que dos Top 10 divulgado pelo GitHub, oito são empresas e apenas dois são “pessoas físicas”, sendo Zeno Rocha - criador do Clipboard.js - um deles. “Desenvolvi esse projeto sozinho, mas ele tem código aberto e por isso que está lá e todo mundo usa (...). Eu nem acredito que o meu nome está nessa lista junto com Apple, Microsoft, Google, e Facebook”, disse Zeno

Leia Mais

Facebook e Instagram oferecem cursos gratuitos de marketing digital
Já pensou em dar um upgrade no seu currículo para começar 2017 com o pé direito? Se você trabalha ou pretende conhecer mais sobre marketing digital, o Facebook está oferecendo uma série de cursos gratuitos online por meio de sua plataforma de educação, o Blueprint. Com diversos cursos disponíveis, que podem ser feitos em inglês ou português e duração média de 15 minutos cada um, as pessoas podem aprender mais e se tornar um expert em anúncios e páginas no Facebook e Instagram. Ao acessar o site, as pessoas podem ver todo o catálogo de cursos ou selecionar por vertical de aprendizado, como Páginas no Facebook, Compra de Anúncios, Gerenciamento de Anúncios, Otimização de Campanhas, Instagram, entre outros. Pelo site, é possível escolher quais cursos fazer, deixá-los todos disponíveis em Meus Cursos e acompanhar o progresso em cada um. Outra possibilidade é selecionar um objetivo e o Blueprint já entrega uma série de cursos para atingi-lo.

Leia Mais

Melhores smartphones Android do mundo não são vendidos no Brasil
Nenhum dos 10 melhores smartphones Android já lançados está à venda no Brasil. O app AnTuTu, que avalia o desempenho dos aparelhos, mostrou uma lista dos 10 telefones que operam com o sistema Android mais potentes do planeta, revelando também que esses dispositivos não são encontrados no nosso país. De acordo com o site Olhar Digital, a maioria dos aparelhos top10 estão na China, como os smartphones da Xiomi e da Lenovo, que mesmo inseridas no mercado internacional, as empresas não colocaram esses modelos no catálogo brasileiro. Quem lideram a lista é o LePro3, da LeEco, disponível apenas na Ásia e nos Estados Unidos. O aparelho tem processador mobile da Qualcomm, 6GB de RAM, 64GB de armazenamento e bateria de 4.070 mAh, com alta durabilidade. Top 10 de performance de aparelhos com Android

Leia Mais

Apple informa que não dará mais suporte ao iPhone4
A Apple vai deixar de dar suporte para o iPhone 4 ou um MacBook Air 13’’ (2010), Esses produtos, que entraram na lista de obsoletos da empresa. De acordo com o site Olhar Digital, a medida passa a valer a partir do primeiro dia de novembro deste ano. Depois disso, o usuário que precisar de suporte para essres aparelhos, deverá procurar uma assistência técnica terceirizada. O iPhone 4 é o primeiro smartphone com display de retina da Apple a entrar na lista de produtos “fora de linha”.

Leia Mais

estadão
Alunos da USP desenvolvem exame ocular com smartphone
O protótipo de um equipamento que faz exames de retina usando um smartphone vai representar o Brasil em uma competição internacional de inovação realizada no próximo mês na Alemanha. O aparelho, batizado como Smart Retinal Camera (SRC), foi desenvolvido por três ex-alunos da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos e é uma versão portátil do retinógrafo, aparelho que permite observar e registrar imagens da retina. "Nosso objetivo é ajudar comunidades carentes, algumas cidades mais pobres nem têm oftalmologistas e um equipamento de mesa custa de 70 a 80 mil dólares. O que a gente espera é que ele tenha um custo dez vezes menor do que o equipamento padrão", diz o engenheiro de computação José Augusto Stuchi, um dos criadores do projeto. Ele também é cofundador e engenheiro da Phelcom, startup criada pelo grupo para desenvolver o protótipo, que foi financiado pelo Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Stuchi conta que o projeto teve início há dois anos e um olho mecânico foi utilizado para fazer os testes. "Com esse equipamento, um operador pode fazer o exame. As imagens serão capturadas pelo celular e enviadas para nuvem para análise de um médico por meio de telemedicina. Com ele, é possível ver o fundo de olho e examinar pacientes com diabetes, pessoas que podem desenvolver glaucoma, retinopatia e degeneração macular relacionada à idade. Todos os problemas de retina podem ser detectados com esse retinógrafo", explica.

Leia Mais

Divulgação/Google
Google apresenta Pixel, smartphone que substitui a linha Nexus
O Google apresentou nesta terça-feira (04) o Pixel, smartphone que irá substituir a linha Nexus e é o primeiro em três critérios: a) a ser fabricado inteiramente pela empresa; b) a vir com o Assistente Google, "chatbot" que até agora estava presente apenas no app de bate-papo Allo e praticamente substitui o antigo Google Now e; c) a ter suporte à plataforma de realidade virtual Daydream. No evento, o Google também revelou o Daydream View, seu primeiro óculos de realidade virtual; o Google WiFi, um roteador que molda o sinal de internet sem fio para atingir os vários cantos da casa; e o Chromecast Ultra, nova versão do aparelho que conecta smartphone e TV e agora oferece suporte a imagens em HDR e de resolução 4K. Ainda não há previsão para esses aparelhos chegarem ao Brasil. O Pixel tem um acabamento arredondado, similar ao dos últimos modelos do iPhone. Ele virá em versões com telas Amoled de 5 e 5,5 polegadas, e com 32 ou 128 GB de armazenamento interno.

Leia Mais

Parque Tecnológico abriga simulação de cidade inteligente
Soluções inovadoras obtidas a partir de testes em uma cidade inteligente simulada, implantada no Parque Tecnológico da Bahia. Foi com o intuito de concretizar essa iniciativa que Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), Universidade Federal da Bahia (Ufba) e Instituto Fraunhofer, da Alemanha - considerada a mais importante fundação de pesquisa aplicada da Europa - foram signatários de um contrato, assinado na tarde desta terça-feira (27), para desenvolvimento de um Living Lab (Laboratório Vivo), no Parque. O FPC é o primeiro centro de projetos do instituto alemão na América Latina e será a entidade responsável pela operação do Living Lab. A implantação desse espaço, que ocupará, inicialmente, uma sala de 70 metros quadrados, vai custar R$2,5 milhões e durar 18 meses. Ao final desse período, “além da estrutura física, um modelo de fomento para a utilização desse laboratório vivo será elaborado”, detalha Vaninha. Espaço aberto Quando pronto, o Living Lab se tornará um espaço de visitação e irá abrigar elementos que, de fato, estão presentes em uma metrópole. No lugar de mesas, cadeiras, e luminárias, por exemplo, serão instalados bancos, ruas, praças, postes, placas de energia solar e, até mesmo, aerogeradores. “As pessoas não compreendem completamente o conceito de Living Lab para Cidades Inteligentes, mas com essa experiência prática permitida a todos, a realidade atual tende a ser mudada”, aponta Mendonça.

Leia Mais

Usuários do Facebook são alvo de novo golpe
O Facebook se tornou alvo de um novo golpe para roubo de dados. Criminosos conseguiram criar uma falsa notificação no site que direciona o usuário para o download de um suposto plugin do Google Chrome, chamado 'The Player'. Ao clicar no programa fake, o internauta é infectado e passa a emitir falsas notificações para seus contatos. Caso seja infectado pelo vírus, o perfil na rede sociail pode ser acessado por hackers. Na versão mobile, o programa malicioso redireciona o usuário para instalação de aplicativos fora do Google Play ou para preenchimento de cadastros que podem trazer prejuízo às vítimas. Para evitar cair no truque, é preciso manter o antivírus atualizado e desconfiar de links estranhos, mesmo aqueles enviados por conhecidos.

Leia Mais

Especiais

'Ainda existe escravidão no Brasil, precisamos acordar para isso'

Buscar




Vídeos

Delator fala sobre caixa dois para o filho de Zé Dirceu

 

Diário News Bahia - Direitos reservados
E-mail: contato@diarionewsbahia.com.br