Saúde - Diário News Bahia

Entrevistas

'O movimento feminista no Brasil é o mais organizado da América Latina'


Turismo

Destinos saborosos do chocolate brasileiro


Saúde

Folhapress
Mais de 3,6 milhões de meninos devem ser vacinados contra HPV
Até o ano passado a imunização era feita apenas em meninas.
O Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos em programas nacionais de imunizações. Meninos na faixa etária de 12 e 13 anos já podem ser vacinados contra o HPV pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nos postos de vacinação de todo o País. A faixa-etária será ampliada, gradativamente, até 2020, quando serão incluídos os meninos com 9 anos até 13 anos.

Leia Mais

Agência Brasil
Fundação Butantan e BNDES financiam R$ 97,2 milhões para testes da vacina contra a dengue
A Fundação Butantan e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinaram na terça-feira (3) um contrato de R$ 97,2 milhões para financiar os testes clínicos para a vacina tetravalente contra a dengue. A imunização deverá ser usada em larga escalas em 2019. Foram instalados centros em 13 cidades de cinco regiões do País visando imunizar voluntários e avaliar a eficácia do produto. Até o momento, já foram aplicadas doses em 4 mil das 17 mil pessoas que deverão participar dos testes. Essa é a última fase antes da vacina ser submetida à aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Leia Mais

Agência Brasil
Anvisa proíbe água sanitária produzida por empresas clandestinas
Na segunda-feira (2), a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu os denominado água sanitária Zlar, fabricada por duas empresas sem autorização, e do cloro ativo Tira Limo Polwax. De acordo com a Anvisa, o saneante Zlar, produzido pelas empresas José Aparecido Simões e Leonardo dos Santos Machado, supostamente localizadas em Juiz de Fora, Minas Gerais, não estão habilitadas para funcionamento. Diante disso, ambas não podem fabricar produtos de limpeza.

Leia Mais

Bahia recebe R$4,9 milhões para investir no combate ao mosquito Aedes
O Ministério da Saúde vai repassar a todos os municípios brasileiros e ao Distrito Federal R$ 152 milhões extras para intensificar as medidas de prevenção e combate ao mosquito transmissor da Dengue, vírus Zika e febre Chikungunya neste verão. O recurso foi garantido em portaria, publicada na quinta-feira (29), e deverá ser liberado aos municípios em duas parcelas.

Leia Mais

José Medeiros
Gestores recebem autonomia das UPAs 24h
Foram anunciadas na quinta-feira (29), medidas que tornam mais flexíveis as formas de custeio das unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) em todo o Brasil pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros. A partir de agora, os gestores municipais poderão definir e escolher a capacidade de atendimento das unidades a partir de oito opções de funcionamento e capacidade operacional, vinculando os repasses de custeio mensais à quantidade de profissionais em atendimento e não mais por tipologia de porte.

Leia Mais

EBC
Correios transportarão medicamentos para o SUS
A partir do dia 24 de fevereiro de 2017, medicamentos e outros produtos do SUS serão transportados pelos Correios. A mudança deve reduzir o custo para entrega dos insumos de saúde em todo território nacional. Para a contratação da nova prestadora de serviço, o Ministério da Saúde ficou atento às novas oportunidades, com o objetivo de seguir os princípios da economicidade, vantajosidade, eficiência e eficácia nas novas contratações realizadas pela pasta. Os Correios ficam responsáveis por realizar o transporte aéreo e terrestre para o fornecimento de insumos estratégicos de saúde, medicamentos e termolábeis –

Leia Mais

Novo remédio para esclerose múltipla é aprovado pela Anvisa
Medicamento pode auxiliar na redução de surtos
O produto biológico novo Plegridy®, usado no tratamento de esclerose múltipla recorrente-remitente (EMRR) em pacientes adultos, foi registrado e aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O princípio ativo do medicamento Plegridy® é a betapeginterferona 1ª, substância que pode impedir que o sistema de defesa do organismo danifique o cérebro e a medula espinhal. A betapeginterferona 1ª é uma forma modificada de longa duração da interferona, substância natural produzida pelo corpo responsável por auxiliar na proteção contra infecções e doenças.

Leia Mais

Doença misteriosa causa queda de 70% na venda de peixes em Salvador
A hipótese de que o consumo de peixe vem causando uma doença misteriosa em Salvador provocou uma redução de quase 70% nas vendas de pescado, principalmente no litoral Norte, região de praias famosas e bem freqüentadas neste verão. A informação é da Federação dos Pescadores e Aquicultores do Estado da Bahia (Fapesba), que emitiu, hoje (21), uma nota onde “condena o boato” de que a causa da doença é o pescado em geral. Segundo o presidente da Fapesba, Raimundo Costa, os boatos alimentam o pânico na população, que deixa de consumir peixes e causa impacto na renda dos trabalhadores que têm a pesca como fonte de renda, sobretudo, no período da alta estação, que começa agora em dezembro. “Nós já estamos passando por uma crise financeira nacional, e essa informação em plena véspera de Natal, Ano Novo, chegada do verão e o fluxo de turismo aumentando, impacta qualquer comércio ligado ao pescado. Isso interferiu na economia dos trabalhadores e na economia do estado também, sobretudo, de Salvador”, argumenta. Dores musculares e febre Até ontem (20), a Secretaria de Saúde da Bahia havia notificado 22 pessoas com fortes dores musculares, sem relatos de dores de cabeça ou febre e com identificação de urina preta , além de insuficiência renal em alguns pacientes. A Fapesba destacou, na nota de hoje, que os casos registrados estão sendo investigados pelo Laboratório de Virologia da Universidade Federal da Bahia, que identificou a presença de vírus nas amostras de sangue dos pacientes. O pesquisador do laboratório, Gúbio Soares, disse à Agência Brasil que as causas dos sintomas devem ser confirmadas até o fim do ano. Ele opinou que a associação da doença ao consumo de peixes é precoce, argumento utilizado, também, pela Fapesb. Ao fim da nota, a Federação dos Pescadores diz que a população é advertida sobre o consumo de peixes, que não apresentam riscos comprovados, quando manuseados e conservados de forma higiênica e adequada. O texto reitera a importância de se comer peixes e acrescenta que “sua vulnerabilidade à contaminação é a mesma de qualquer outro alimento”.

Leia Mais

Saúde emite esclarecimento para surto de mialgia aguda
A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa), esclarece à população que, até a manhã de hoje (20), foram notificados 22 pacientes com sintomas de dor muscular intensa, de início súbito, acometendo, principalmente, a região cervical (pescoço), ombros, costas, coxas e/ou panturrilhas. Todos os pacientes residem na capital, sendo que 14 relataram o consumo de peixe, enquanto oito não se recordam ou não consumiram peixe. Está em curso um processo de investigação que reúne profissionais da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária e Ambiental, bem como os técnicos do Laboratório Central do Estado (Lacen). Esclarecemos que até o momento o Lacen não coletou quaisquer amostras de alimentos, pois os casos foram notificados tardiamente. Alertamos que a população deve procurar imediatamente uma unidade de saúde caso apresente os sintomas citados. Todas as unidades de urgência e emergência estão orientadas a notificar imediatamente os casos suspeitos de Mialgia Aguda, o que possibilita acelerar o processo de investigação.

Leia Mais

Bahia investe R$ 5 bilhões na área da saúde em 2016
A Bahia aplicou cerca de R$ 5 bilhões em obras, serviços e recursos humanos na área da saúde em 2016. Este é um cenário bem diferente de diversos estados do Brasil, onde o subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) e a redução de repasses federais têm provocado desassistência. Para tanto, o governo baiano investiu na qualificação da gestão e, em dois anos, abriu aproximadamente 500 leitos em todo o estado. Apenas neste ano, a capital baiana ganhou o Hospital Geral do Estado 2 (HGE 2), referência no atendimento a queimados e a urgência e emergência de trauma e no início do próximo ano, o Hospital da Mulher, que será a maior unidade do Norte-Nordeste especializada no atendimento à saúde feminina. São mais de R$ 110 milhões investidos nas duas unidades, que acrescentam 297 novos leitos à rede estadual. Já no interior, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) inaugurou duas Unidades de Pronto Atendimento 24 horas (UPAs), uma em Feira de Santana e a outra em Vitória da Conquista. Cada unidade tem a capacidade de atender, diariamente, até 450 pacientes de baixa e média complexidade. Governo do Estado tem ampliado a assistência em todas as regiões. Quatro policlínicas regionais de saúde estão em construção e com obras aceleradas, em Jequié, Teixeira de Freitas, Irecê e Guanambi. Com previsão de inauguração no primeiro semestre de 2017, as unidades serão geridas de forma compartilhada entre municípios e o Estado, por meio de Consórcio de Saúde. A meta é construir 28 policlínicas até o final de 2018, o que possibilitaria, simultaneamente, ampliar a oferta de serviços de média complexidade e descentralizar a assistência na Bahia.

Leia Mais

midiabahia
Salvador tem vírus misterioso que deixa urina preta
Nos últimos dias, ao menos 9 pessoas deram entrada em hospitais de Salvador, na Bahia, se queixando de urina na cor preta e de fortes dores musculares. Algumas delas reclamaram de insuficiência renal. O laboratório de virologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) diz que a doença é causada por um vírus ainda não identificado. "Nós já sabemos que é um vírus que causa a doença, mas ainda não determinamos qual o tipo. Precisamos de cerca 10 a 15 dias para conseguirmos fazer essa identificação", contou o Dr. Gúbio Soares, pesquisador do laboratório de virologia da UFBA. "A transmissão deve ocorrer por vias orais, através do aparelho respiratório". "Na última sexta, eu senti uma dor muito forte no corpo inteiro. Começou no pescoço, foi irradiando e pegou o corpo inteiro. Eu tomei um relaxante muscular e não fez efeito, depois tomei um segundo comprimido e senti uma leve melhora. Quando acordei na manhã de sábado, estava ainda com dor e fui para o hospital", disse Giovana Colavolpe, de 24 anos, uma das pessoas que tiveram a doença.

Leia Mais

Bahia recebe profissionais para o Mais Médicos
Profissionais cubanos do Projeto Mais Médicos para o Brasil chegam a Salvador esta semana, para atuar em municípios baianos. Amanhã (15), em dois horários - 8h45 e 10 horas -, 112 médicos desembarcam na Base Aérea de Salvador, enquanto os demais 85 profissionais chegarão no dia 17, sábado, às 12 horas. Todos ficarão hospedados na sede dos Fuzileiros Navais, no Comércio, e seguem para os municípios onde irão atuar nos dias 16 e 19 próximos. O Programa Mais Médicos foi lançado pelo Governo Federal em julho de 2013, com o apoio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Na ocasião, a cobertura da Atenção Básica na Bahia era de cerca de 60%. Três anos após o início do programa, o atendimento de Saúde da Família já chega a cerca de 72% dos baianos, que contam com 3.353 Equipes de Saúde da Família (ESF). Atualmente, o Mais Médicos conta com 1.464 profissionais brasileiros e estrangeiros, que atuam em 386 municípios do estado, beneficiando cerca de 5,6 milhões de baianos, com uma média superior a 770 mil novas consultas médicas por mês no âmbito da atenção básica.

Leia Mais

Bahia promove ação de incentivo à doação de córneas
Conscientizar a população para a importância da doação de córneas é o principal objetivo da ação que está sendo desenvolvida pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), por meio da coordenação do Sistema Estadual de Transplantes e do Banco de Olhos da Bahia. A ação acontece de hoje (14) e sexta-feira, pela manhã, em unidades do Sesc. Por iniciativa do Banco de Olhos da Bahia, está acontecendo o “Dezembro Luz”, mês de sensibilização para a doação de córneas e prevenção das doenças que podem levar ao transplante. A fila de espera por uma córnea é a maior do estado, com 1.187 pacientes. Em todo o país, são 13 mil pessoas aguardando por um transplante de córnea. O Banco de Olhos da Bahia funciona desde 2006, no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS). Para captação de córneas, desde 2012 existem três equipe de Organização de Procura de Córneas - OPC que visitam os hospitais que informam óbitos, para realizar a entrevista com as famílias dos potenciais doadores. Profissionais do Banco de Olhos e da coordenação de Transplantes estão hoje no Sesc Piatã e na sexta-feira, dia 16, na unidade Sesc Centro, das 11 às 14h30. Com ações de incentivo à doação de córneas, a Sesab tem como meta zerar a fila de espera por transplante até o final de 2017.

Leia Mais

UPA de Roma foi fechada e só reabre em janeiro de 2017
Por conta da necessidade de adequação da estrutura física projetada para o Hospital da Mulher, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 h) de Roma, em Salvador, que funciona no mesmo local onde está sendo instalada a nova unidade, está com as suas atividades interrompidas temporariamente desde segunda (05). A suspensão dos atendimentos se faz necessária para a segurança dos pacientes. UPA será reaberta em janeiro de 2017. Neste período, a população deve procurar outras Unidades de Pronto Atendimento existentes na cidade.

Leia Mais

Especiais

'Ainda existe escravidão no Brasil, precisamos acordar para isso'

Buscar




Vídeos

Delator fala sobre caixa dois para o filho de Zé Dirceu

 

Diário News Bahia - Direitos reservados
E-mail: contato@diarionewsbahia.com.br