Esporte - Diário News Bahia

Entrevistas

'O movimento feminista no Brasil é o mais organizado da América Latina'


Turismo

Destinos saborosos do chocolate brasileiro


Esporte

Reuters/Carlos Gasrcia Rawlins/Direitos Reservados
'Cerimônia musical' marca  encerramento da Paralimpíada do Rio  no Maracanã
Com uma festa com menos protocolar, mais musical e informal, os Jogos Paralímpicos foram encerrados hoje (18) à noite no Maracanã. O tom foi de despedida dos Jogos Rio 2016, iniciado pela Olimpíada e finalizado com a Paralimpíada. A impressão foi de uma festa preparada para agradar público e atletas, com simplicidade e objetividade. O público compareceu em peso e viu um grande show musical, que começou com heavy metal, passou pelo maracatu da Nação Zumbi, MPB, chegando ao funk carioca e ao axé. Os números musicais foram intercalados pelas partes protocolares, como entrega da bandeira do Comitê Paralímpico Internacional (IPC) a Tóquio e os discursos das autoridades.

Leia Mais

A possibilidade de realização da Paralimpíada simultaneamente com a Olimpíada voltou a ser discutida com a realização dos Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro, que se encerram amanhã (18). Os defensores da ideia propõem que seja feito um evento único, com maior estrutura, no qual tanto as competições de atletas olímpicos como as de paralímpicos fossem realizadas nos mesmos dias. Já quem é contra a unificação aponta dificuldades como a estrutura e a logística necessárias para abrigar as duas competições ao mesmo tempo. A realização dos dois eventos de forma simultânea é defendida pelo movimento Unifica Jogos Já, que considera a separação das disputas uma segregação dos atletas com deficiência. Um dos idealizadores da proposta é Flávio Scavasin, que nasceu com deficiência física e trabalha em defesa dos direitos das pessoas com deficiência há mais de 20 anos. Para ele, a união da Olimpíada com a Paralimpíada poderia significar um passo gigantesco na inclusão das pessoas com deficiência.

Leia Mais

Reuters
Brasileiro quebra recorde e ganha ouro na final dos 100 metros rasos
Petrucio Ferreira dos Santos quebra recorde mundial e garante a medalha de ouro na final dos 100 metros rasos
O atleta brasileiro Petrúcio Ferreira dos Santos, 19 anos, ganhou hoje (11) medalha de ouro nos 100 metros rasos, categoria T47 do atletismo, nas Paralimpíadas Rio 2016. Petrúcio também quebrou recorde mundial da prova, com tempo de 10s57. Na mesma prova, o brasileiro Yohansson Nascimento chegou na terceira posição e ganhou o bronze. Após a prova, em entrevista à TV Brasil, Petrúcio agradeceu o incentivo da torcida brasileira para conquistar o ouro. "Eu diria que estar participando em casa, com toda essa torcida aqui nos apoiando, eu diria que essa foi a forcinha a mais que a gente estava precisando. Esse apoio, esse incentivo, esse empurrão do pessoal de casa", comemorou o paraibano. Yohansson disse que lutou para chegar em segundo lugar e garantir a dobradinha brasileira no pódio, mas sai da competição de cabeça erguida com o bronze. "Eu dei o meu melhor e o mais importante é estar entre os três melhores da competição ao longo desses 11 anos de carreira", disse. O atleta ainda não decidiu se vai participar da tradicional prova de revezamento por equipes do atletismo. "Fico feliz em saber que a nossa equipe brasileira é uma das mais fortes de todos os tempos do revezamento. Os 400 metros ainda tenho que ver se eu vou correr, porque eu me preparei exclusivamente para correr nesses 100 metros", destacou.

Leia Mais

DIVULGAÇÃO
Vôlei sentado masculino do Brasil estreia com vitória sobre os EUA na Paralimpíada
Campeã parapan-americana e vice-mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei sentado estreou nos Jogos Paralímpicos do Rio com vitória tranquila sobre os Estados Unidos nesta sexta-feira (09). Em sets diretos, parciais de 25/14, 25/17 e 25/14, os brasileiros despacharam os vizinhos americanos e deram início à busca pela medalha de ouro. Após um início muito bom, o Brasil abriu 5/0 nos adversários e conseguiu administrar essa vantagem durante toda a partida. Aumentando a diferença ao longo da partida, os brasileiros chegaram a abrir sete pontos em dois momentos do jogo, para depois fechar a parcial em 22 minutos.

Leia Mais

Nadador Daniel Dias ganha ouro na estreia das Paralimpíadas
O multimedalhista Daniel Dias estreou com vitória na Paralimpíada na noite de hoje (8). Com o tempo de 2:27.88, ele ganhou a medalha de ouro nos 200m livre masculino, a primeira da natação paralímpica brasileira. Com a vitória, Dias soma, agora, 16 medalhas em Jogos Paralímpicos. A prata ficou com o norte-americano Roy Perkins e o bronze com o britânico Andrew Mullen. Desde o início da prova, o maior medalhista brasileiro em paralimpíadas não deu chances aos adversários e abriu larga vantagem. Mesmo nadando forte, no entanto, Daniel Dias não conseguiu superar o recorde mundial da categoria. Daniel Dias tem 28 anos, e nasceu em Campinas (SP). Ele nasceu com má formação congênita dos membros superiores e da perna direita e descobriu o paradesporto ao assistir o nadador Clodoaldo Silva em uma das provas dos Jogos Paralímpicos de Atenas 2004. Daniel já tem 15 medalhas em Jogos Paralímpicos: 10 de ouro, quatro de prata e uma de bronze. Só nos Jogos Paralímpicos de Londres (2012), ele levou seis medalhas de ouro. No ano passado, ganhou oito medalhas de ouro nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, além de sete medalhas de ouro e uma de prata no Mundial de Glasgow. Daniel já recebeu o troféu Laureus, considerado o “Oscar do Esporte”, por três vezes: em 2009, 2013 e 2016.

Leia Mais

Agência Brasil
 Ricardo de Oliveira conquista primeiro ouro do Brasil nas Paralimpíadas
O Brasil ganhou a primeira medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos 2016. Ricardo Costa de Oliveira conquistou o ouro no salto em distância na categoria T11 (cego total). O brasileiro venceu no último salto, quando alcançou a marca de 6 metros e 52 centímetros. A prata ficou com o norte americano Lex Gillete que saltou 6 metros e 44 centímetos. Bronze para o ucraniano Ruslan Katyshev com 6 metros e 20 centímetros. Ricardo Costa de Oliveira, 34 anos, é natural de Três Lagoas (MS). Deficiente visual, o atleta começou a ter dificuldade para enxergar aos 2 anos. Há 20 anos descobriu que tinha a doença de Stargardt, já em estágio avançado, que o deixou totalmente cego. O atleta iniciou no esporte com corridas de rua e depois passou para as provas de pista de atletismo. Competiu pela primeira vez internacionalmente no ano passado, no Mundial de Doha, no Catar.

Leia Mais

Getty
Neymar recusa oferta de 40 milhões de euros por ano para ficar no Barcelona
Neymar deixou de uma 'bolada' para ficar no Barcelona. De acordo com Wagner Ribeiro, seu agente, o jogador esteve perto de assinar com o Paris Saint-Germain e ganhar 40 milhões de euros por ano, mas recusou e preferiu renovar com a equipe catalã mesmo ganhando bem menos do que foi oferecido pelo clube francês. "Não (esteve perto do Manchester United), ele (Neymar) esteve bem perto do PSG. Ele ganharia 40 milhões de euros por ano, livre, e ele renovou pra ganhar menos no Barcelona, porque ele quis ficar no Barcelona", disse o agente em entrevista ao programa Bate Bola, da ESPN Brasil.

Leia Mais

Divulgação
Jogos Paralímpicos Rio 2016 ultrapassam a marca de 1,5 milhão de ingressos vendidos
A venda de ingressos para os Jogos Paralímpicos Rio 2016 chegou, no domingo (4), a mais um número emblemático com o anúncio de que foi batida a marca de 1,5 milhão de entradas vendidas. As finais de diversos esportes já estão completamente esgotadas. Ainda restam cerca de um milhão de bilhetes disponíveis ao público, mas devido ao ritmo alcançado pelas vendas, a expectativa é de que as entradas se esgotem, já que as vendas de ingressos vêm crescendo significativamente nas últimas semanas. Apenas no dia 24 de agosto foram vendidos 145 mil bilhetes, um recorde nos Jogos. Quatro dias depois, a marca de um milhão de entradas comercializadas foi alcançada. “Houve uma mudança importante no padrão de vendas”, comemora o diretor executivo do Comitê Rio 2016, Mario Andrada.

Leia Mais

divulgação
Governo baiano apoia quatro atletas paralímpicos
Quatro dos sete atletas da Bahia, que vão disputar a partir desta quarta-feira 7, os Jogos Paralímpicos Rio 2016 recebem apoio do Governo do Estado. São eles: Jeferson Gonçalves (Jefinho) e Cássio Lopes, do Futebol de 5; Verônica Almeida, nadadora; e Renê Pereira, do remo adaptado. Jefinho e Cássio Lopes são patrocinados pelo Governo do Estado, por meio do Programa Estadual para Apoio à Prática do Esporte – Bolsa Esporte. Verônica Almeida, nadadora e Renê Pereira, do remo adaptado, recebem o incentivo por meio do FazAtleta – Programa de Incentivo ao Esporte Amador, Olímpico e Paralímpico. A Bahia será representada pelos seguintes atletas: Raissa Machado e Tascitha Cruz (atletismo); Cássio Reis, Jeferson Gonçalves (Jefinho) e Gleidson Barros (futebol de 5); Verônica Almeida (natação); e Renê Pereira (remo adaptado). Jeferson Gonçalves foi bicampeão em Pequim-2008 e Londres-2012; Cássio Lopes, campeão em Londres-2012; e Verônica Almeida, bronze em Pequim-2008. VEJA AS FICHAS OLÍMPICAS

Leia Mais

Alex Ferro/Rio 2016
Começa hoje o revezamento da tocha Paralímpica
A Tocha Paralímpica inicia o seu tour pelo Brasil nesta quinta-feira (1º). A chama será acesa em Brasília (DF) e passará por Belém (PA), Natal (RN), São Paulo (SP) e Joinville (SC), cidades que representarão as cinco regiões do País. Na última terça-feira (30), representantes de órgão de defesa, segurança e inteligência assinaram o protocolo de segurança para o evento na capital federal. Criada sob o mesmo conceito de “Paixão e Transformação” que a tocha olímpica, mas com desenho e características próprias, a Tocha Paralímpica Rio 2016 também terá um formato peculiar de revezamento.

Leia Mais

Neuer é escolhido como novo capitão da Alemanha
Manuel Neuer foi escolhido como novo capitão da seleção alemã, depois que Bastian Schweinsteiger anunciou a aposentadoria da equipe nacional. O técnico Joachim Löw anunciou a decisão nesta quinta-feira. O goleiro já havia utilizado a braçadeira em vários jogos da última Eurocopa, nos quais o meio-campista esteve ausente por lesão. No duelo de domingo contra a Noruega, pelas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, o atleta de 30 anos deverá jogar sua 72ª partida pela Mannschaft e a primeira como capitão em definitivo.

Leia Mais

FELIPE COSTA/FUTURA PRESS / LANCE!
Flamengo e Palmeiras  são punidos por briga com decisão inédita
Em decisão inédita, o pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) optou por penas alternativas para os times, sem a necessidade de jogos com portões fechados. Para o Palmeiras, a punição será de cinco partidas sem a presença de torcidas organizadas e com o setor Gol Norte do Allianz Parque vazio. Além disso, o Alviverde não poderá ter torcida em outros cinco jogos como visitante e terá de pagar uma multa de R$ 60 mil, que será revertida para instituições de caridade. Para o Flamengo, a pena contempla três partidas como mandante sem a presença das torcidas organizadas, mantendo 20% do estádio fechado, e mais três jogos sem torcedores como visitante. O Rubro-Negro ainda será obrigado a pagar R$ 30 mil de multa, que também serão revertidos para ações sociais.

Leia Mais

Ronda capricha no decote em ensaio para patrocinadores
Fora de ação desde novembro do ano passado, quando perdeu o cinturão do UFC para Holly Holm, Ronda Rousey segue levando os fãs ao delírio nas redes sociais. Nas redes sociais a loira aparece, recentemente, com um decote para generoso, em foto para ensaio comercial para um dos patrocinadores dela. "Para mim, perfeito nunca significa estar sempre melhorando. O que significa para você?", ela pergunta na legenda.

Leia Mais

Vila recebe atletas paralímpicos a partir de 1º de setembro
Três dias após o encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Rio, praticamente todas as delegações dos atletas já deixaram a Vila Olímpica, localizada na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O local será preparado agora para receber, a partir do dia 1º de setembro, mais de 6 mil atletas paralímpicos, com delegações de 176 países, a partir do dia 1º de setembro. A Paralimpíada começa no dia 7. Embora os atletas tenham até às 17h de hoje (24) para deixar o local, segundo informações do Comitê Rio 2016, vários apartamentos ainda estão ocupados e ainda é possível ver bandeiras em varandas dos 3.604 apartamentos que fazem parte do conjunto de prédios. Nas últimas semanas, mais de 15 mil atletas e desportistas se hospedaram no local. Segundo organizadores, a Vila dos Atletas é a maior instalação olímpica já construída, com seus 31 prédios de até 17 andares e com capacidade para abrigar até 17 mil pessoas. Como o local foi construído também para receber as delegações paralímpicas, em todos os prédios da Vila dos Atletas há unidades adaptadas para receber pessoas com deficiência.

Leia Mais

Governo solicita ao Ministério do Esporte apoio para centro de canoagem
O nome da Bahia tem tudo para ser ainda mais divulgado nas próximas olimpíadas. É que, nesta terça-feira (23), o governador Rui Costa esteve com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, para reforçar uma solicitação que chegou à pasta em 2015: a construção do Centro de Treinamento de Canoagem na região de Ubaitaba, por onde passam as águas do Rio de Contas. Os recursos são de aproximadamente R$ 8 milhões. O exemplo do medalhista olímpico Isaquias Queiroz, filho de Ubaitaba, foi lembrado pelo governador durante a reunião. Na canoagem, o atleta baiano fez história, conquistando três medalhas na Olimpíada Rio 2016. O ministro disse que já “conversou com a Confederação Brasileira de Canoagem” e garantiu total empenho para a efetivação do equipamento na Bahia. Outro projeto também de conhecimento do ministério é o Centro de Treinamento de Boxe e Lutas Olímpicas da Bahia a ser construído em Salvador. Em 2015, a solicitação também chegou a Brasília. Para esta iniciativa, os recursos federais também devem ser empenhados e a obra vai ser realizada. O governador já anunciou que começa no início de 2017 e o valor deve chegar a R$ 15milhões.

Leia Mais

Especiais

'Ainda existe escravidão no Brasil, precisamos acordar para isso'

Buscar




Vídeos

Delator fala sobre caixa dois para o filho de Zé Dirceu

 

Diário News Bahia - Direitos reservados
E-mail: contato@diarionewsbahia.com.br