Esporte - Diário News Bahia

Entrevistas

'O movimento feminista no Brasil é o mais organizado da América Latina'


Turismo

Destinos saborosos do chocolate brasileiro


Esporte

Jogador do Botafogo posta imagem ostentando provável dinheiro do bicho pela classificação
O atacante Sassá foi protagonista de um verdadeiro papelão na partida do Botafogo contra o Grêmio, no domingo (11), ao trocar empurrões com um companheiro de equipe, Airton, que acabou expulso. Ainda assim, com a vitória por 1 a 0 que garantiu o time na Libertadores, o jogador esqueceu o momento constrangedor e foi às redes sociais ostentar: Ele aparece em foto sem camisa, segurando maços e de notas de R$ 50, que podem ser o bicho pela conquista da vaga no torneio continental.

Leia Mais

Neto ainda não sabe de acidente e pergunta sobre jogo da Chape
Última pessoa a ser resgatada com vida do acidente com o avião da Chapecoense que matou 71 pessoas, o zagueiro Neto ainda não tem conhecimento da tragédia ocorrida nos primeiros minutos do dia 29 de novembro, quando seguia para a disputa do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana. Foi o que revelou Carlos Mendonça, um dos médicos do clube catarinense. "Tem uma recomendação da psicóloga para não dizer ainda e assim evitar um choque emocional que seria prejudicial para a recuperação clínica nesse momento. Estamos aguardando uma opinião mais avalizada, que é a da psicóloga", explicou o médico em entrevista à TV Globo. Neto é o sobrevivente com estado de saúde mais delicado, embora já tenha deixado a condição de coma induzido, passando a respirar sem ajuda de aparelhos, o que inicialmente foi necessário em razão de uma infecção pulmonar. Assim, ele já começou a conversar, tendo questionado os médicos sobre o jogo com o Atlético Nacional e as razões para ter ficado tão machucado. Os médicos, porém, ainda preferem não lhe contar a verdade. Assim, Neto ainda não sabe do acidente que matou 71 pessoas e nem que na última semana a Chapecoense foi declarada campeã da Copa Sul-Americana pela Conmebol, atendendo, inclusive, ao pedido público do Atlético Nacional, que seria o adversário na decisão. Além de Neto, o lateral Alan Ruschel, o goleiro Jackson Follmann e o jornalista Rafael Henzel seguem internados na Colômbia, mas todos eles em condições melhores. Os médicos começam, a partir deste domingo, a preparar o retorno deles ao Brasil, onde seguirão em recuperação.

Leia Mais

Grêmio é o campeão da Copa do Brasil 2016
O Tricolor de Porto Alegre se tornou o maior vencedor da competição na partida que retomou o esporte nacional após o desastre com o avião que transportava o time da Chapecoense e matou 71 pessoas. O Grêmio e o Atlético-MG empataram em 1 a 1, resultado que deu ao time gaúcho sua quinta taça da Copa do Brasil, superando assim o Cruzeiro e isolando-se como o maior vencedor histórico do torneio -honraria garantida pela vitória por 3 a 1 no jogo de ida, em Belo Horizonte. A decisão foi marcada por muitas homenagens às vítimas do voo de Medellin e à Chapecoense. Gremistas e atleticanos entoaram coros de suporte à equipe catarinense, como o já conhecido "vamos, vamos, Chape". Uma enorme camisa da Chapecoense foi estendida como uma bandeira sobre os torcedores antes do jogo. No gramado, os jogadores das duas equipes se abraçaram em um círculo também composto por profissionais da imprensa –20 jornalistas morreram no acidente. Fato raríssimo, se não inédito nos estádios brasileiros, o minuto de silêncio pedido foi plenamente respeitado, e a Arena do Grêmio não teve barulho antes da decisão.No centro do campo, foram estendidas bandeiras do Brasil e da Colômbia, país-sede do Atlético Nacional, que seria adversário da Chapecoense na final da Sul-Americana. O goleiro do Atlético-MG Victor estava entre os mais emocionados, chorando bastante. Nas transmissões, todos os jornalistas vestiram um uniforme verde em tributo ao clube de Santa Catarina. No primeiro tempo, o Atlético-MG, treinado pela primeira vez por Diogo Giacomini após a demissão de Marcelo Oliveira, apresentou traços de organização tática que não existiam com o técnico anterior. Velozes, Robinho e Luan fizeram a bola circular na frente da área do Grêmio, frequentemente servidos por Rafael Carioca. Exercendo marcação intensa, o time mineiro teve mais posse de bola durante quase todo o jogo. A vantagem confortável construída no primeiro jogo da final fez com que Renato Gaúcho colocasse o Grêmio para jogar no contra-ataque. E foi assim que o time construiu a chance mais clara de gol da primeira etapa. Douglas disputou bola no meio de campo e, entre dois marcadores, fez longo lançamento de calcanhar para Everton que, cara a cara com Vitor, bateu para o goleiro atleticano fazer a defesa.

Leia Mais

Divulgação
Campeonato de Boxe reúne os melhores da modalidade em Salvador
Os melhores boxeadores de 20 estados brasileiros estão em Salvador, onde disputam até sexta-feira (9) o 71º Campeonato Brasileiro de Boxe Elite e o 8º Campeonato Brasileiro de Boxe Masculino Juvenil, no ringue montado no centro da quadra do Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras. As competições são realizadas pela Confederação Brasileira de Boxe (CBB), pela Federação de Boxe Olímpico e Profissional do Estado da Bahia, com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Considerada principal competição nacional de boxe, o torneio soma pontos para ranking juvenil e serve como vitrine para revelar novos talentos que possam integrar a seleção brasileira da modalidade. Para Mauro Silva, presidente da CBB, “escolher a Bahia como sede deste evento foi de extrema satisfação. A Bahia tem a maior representatividade do boxe brasileiro. Além do momento olímpico, com a conquista do ouro por Robson Conceição, nada mais justo do que realizar em Salvador”, disse. Sucesso – Com o sucesso do boxe brasileiro nos Jogos Olímpicos Rio 2016, é esperada, agora, uma renovação de atletas para a Olimpíada de 2020, em Tóquio. Segundo Luíz Carlos Dórea, coordenador da equipe baiana e treinador de Robson Conceição (ouro nos jogos da Rio 2016), novos garotos e garotas estão sendo preparados. “A Bahia é o centro do boxe do Brasil e, daqui, sairão os novos medalhistas olímpicos”, garantiu. Uma das apostas para esta renovação é o garoto Herbert Wilian Carvalho, 18 anos. Ele, que já venceu esta mesma competição três vezes, tenta agora o quarto título. “Estou me preparando para disputar a Olimpíada de Tóquio. Mas, antes, têm muitas escadas que preciso subir para alcançar este objetivo. Espero que na luta final de sexta-feira, eu consiga vencer esta competição”, sonha. Herbert Carvalho tem muitos pontos a seu favor. O primeiro deles é o fato de conviver e treinar na mesma academia que Robson Conceição, Adriana Araújo e Robenilson de Jesus. “Eles são meus ídolos e é muito bom treinar com eles. Os três sempre passam um pouco da experiência e dão algumas dicas que a gente vai observando. São exemplos que nos inspiram mais para se empenhar e chegar onde quero chegar”, concluiu.

Leia Mais

Chapecoense é declarada campeã da Copa Sul-Americana
A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) declarou, no início da tarde desta segunda (5), a Associação Chapecoense de Futebol campeã da Copa Sul-Americana de Futebol de 2016. O time catarinense terá direito a prêmio de US$ 2 milhões pelo título e a uma vaga para disputar a Copa Libertadores da América de 2017. O Club Atlético Nacional, que faria a final com a Chapecoense e solicitou à Conmebol que o time catarinense fosse reconhecido como campeão, receberá o Prêmio Centenário Conmebol Fair Play. “A atitude de promover o futebol na América do Sul, num espírito de paz, compreensão e justiça, ao considerar que os valores desportivos sempre prevalecem sobre os interesses comerciais, o Conselho [da Conmebol] decidiu dar ao Atletico Nacional Club o Centenario Conmebol Fair Play, que consiste na soma de US$ 1 milhão como prêmio”, diz nota divulgada pela entidade. No acidente, ocorrido na madrugada da última terça-feira (29), nas proximidades da cidade de Medellín, morreram 71 pessoas, entre tripulantes, jogadores e dirigentes da Chapecoense e jornalistas que viajavam para a cobertura do primeiro jogo da final. Apenas seis pessoas sobreviveram à queda do avião: dois tripulantes, um jornalista e três jogadores.

Leia Mais

Mãe de Danilo se recusa a cumprimentar Michel Temer
Alaíde Pacheco, mãe do goleiro Danilo, que faleceu na tragédia da Chapecoense; que dias antes emocionou o País, ao se solidarizar com os profissionais de imprensa que perderam colegas na tragédia, se recusou a abraçar Michel Temer, que participou do velório coletivo da Chapecoense, neste sábado (03). "É ele a estrela da história?", questionou. "Ah, para com isso, né?", disse em vídeo divulgado pelo site Brasil 247. Assista

Leia Mais

Medalhista olímpica leiloa uniforme para custear tratamento
A medalhista olímpica Verônica Almeida, de 41 anos, está leiloando o uniforme que usou na abertura das Paralímpidas do Rio de Janeiro para arrecadar fundos e continuar o tratamento contra uma doença rara que paralisa os músculos. Depois de conquistar diversos títulos mundiais, Verônica sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral). ​Antes de se tornar nadadora, a baiana Verônica descobriu que era portadora de uma doença rara, que provoca a perda do movimento dos músculos. — É uma doença que por ser pouco conhecida, então na época foi um 'boom', eu não tive um acompanhamento melhor logo no início, e assim que descobriram, me deram apenas mais um ano de vida. Depois que descobriu a doença tudo mudou na vida de Verônica, de personal trainer ela virou paratleta e as conquistas da nadadora também mudaram. Em casa, ela guarda as medalhas, algumas são especiais, como as do Pan de Toronto e das Paraolimpíadas de Pequim. Nos jogos Paralímpicos do Rio, Verônica ficou em sétimo lugar, e recentemente entrou para o Guines Book - o livro dos recordes - como a nadadora mais rápida a fazer a travessia Mar Grande-Salvador, um percurso de cerca de dez quilômetros. Depois do diagnóstico, Verônica passou a fazer um tratamento experimental na França, e precisa ir à Paris duas vezes ao ano, mas a viagem é muito cara, em uma delas, a baiana já chegou a gastar R$ 200 mil. Ela já esta há um ano sem ir à Europa para dar continuidade ao tratamento, falta dinheiro pra isso, e agora a paratleta quer leiloar o uniforme completo que usou na abertura dos jogos do Rio 2016, para tentar arrecadar uma quantia quer possa custear a viagem.

Leia Mais

Última etapa do Festival Náutico tem competições a nado, remada e windsurf
Com a Baía de Todos os Santos como palco central, acontece neste fim de semana a 2° e última etapa do Festival Náutico de Salvador. O evento foi lançado pela Prefeitura em 2015 e conta com a parceria do Yacht Clube da Bahia, Bahia Marina e Capitania dos Portos No sábado (3), será realizada a 2° Travessia Baía de Todos os Santos. O percurso feito por nadadores dura em média 3h e depende de muita dedicação. A largada será às 8h na praia do Jaburu, em Mar Grande, com chegada no Porto da Barra. Já o 4º Desafio Travessia Mar Grande/Yacht acontece no domingo (4), com saída de Mar Grande, às 8h30, e remada até a praia do Porto da Barra, em uma distância de aproximadamente 10 km. Participam do evento praticantes de Stand Up Paddle e Canoa Havaiana. Mais uma competição completa a grade do Festival Náutico de Salvador: o Campeonato Brasileiro de Windsurf 2016. O evento, que conta com participação de atletas das classes Raceboard, Techno 293 e RSOne, vai acontecer na praia da rua K, em Itapuã, de amanhã (2) até domingo (4). As inscrições para participar da competição podem ser feitas através do site http://raceboard.com.br/. Para informações sobre as regras do evento é só entrar em contato através do 3367-5477.

Leia Mais

Bombeiro diz que havia 10 sobreviventes em avião da Chapecoense
Em entrevista à "Blu Rádio", Juan Diego Gómez, um dos bombeiros que trabalhou no resgate das vítimas da queda do avião que levava a Chapecoense para a Colômbia, informou que mais pessoas haviam sobrevivido à queda - mas não resistiram aos ferimentos. Segundo Gómez, 10 pessoas foram socorridas, mas apenas sete conseguiram ser levadas para hospitais da região. Uma dessas pessoas, era um membro da comissão técnica, que não teve o nome revelado, e o piloto, Miguel Luis Quiroga. "Eu pude resgatar Miguel Luis, mas ele logo faleceu", contou o bombeiro. Das sete pessoas salvas dos impacto, seis ainda estão hospitalizadas. O goleiro Danilo chegou a ficar algumas horas no centro médico, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. O resgatista ainda informou que um menino de "cerca de 15 anos que nos guiou" até o lugar do acidente e que um jovem ajudou nos resgates. "Quando chegamos, o menino não estava e quando começamos a resgatar os corpos, ele apareceu", disse Gómez.Agora, a imprensa local tenta saber quem era o menino que ajudou os socorristas.

Leia Mais

O Globo
Torcedores lotam estádio em homenagem ao Chapecoense
No mesmo dia (quarta, 30), no mesmo estádio (Atanasio Girardot, em Medellín) e no mesmo horário (18h45 locais, 21h45 em Brasília) em que ocorreria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana entre Atlético Nacional e Chapecoense, uma multidão vestida de branco conduziu uma comovente homenagem póstuma ao time da Chapecoense. Em Santa Catarina, pastores e um padre celebraram um ato ecumênico no centro do gramado da Arena Condá, estádio da Chapecoense, em Chapecó (SC). Familiares assistiram à celebração, em pé em frente a cadeiras. Nas arquibancadas , as pessoas manifestavam solidariedade às vítimas da tragédia que deixou, na terça (29), 71 mortos após a queda da aeronave que levava a equipe brasileira da Chapecoense à Colômbia para a final da Copa Sul-Americana. Na cerimônia do Atlético Nacional todos vestidos de branco e com uma vela branca em símbolo de solidariedade. Em Chapecó, cantaram "sou Chapecoense, com muito orgulho, com muito amor". Jogadores que não viajaram com o time, entre eles, Nivaldo, Rafael Lima e Marcelo Boeck, deram uma volta olímpica no estádio, levando torcedores a salvas efusivas de aplausos.No telão, foram exibidos os nomes de cada um da equipe da Chapecoense que estavam no voo, aplaudidos por todos. Às 22h, após uma contagem regressiva e gritos de "É campeão!", o estádio começou a esvaziar. Setenta e uma pessoas morreram com a queda, na terça (29), da aeronave que transportava jogadores e delegação chapecoense, além de jornalistas e membros da tripulação. O time brasileiro se dirigia à Colômbia para disputar o primeiro jogo pela final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. Outro exemplo bonito: a Alvorada é uma manifestação cultural muito popular em Medellín. Para celebrar o mês de festas e a chegada do fim do ano, os habitantes soltam fogos à meia-noite de 1º de dezembro. Mas as autoridades da cidade passaram esta quarta (30) pedindo para que, em respeito ao luto pela tragédia, não se celebrasse a Alvorada neste ano.

Leia Mais

Equipes resgatam 72 corpos e encontram caixa-preta da aeronave
A polícia do departamento de Antioquia, na Colômbia, informou que 72 corpos já foram retirados dos destroços da aeronave que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia. O Departamento de Aviação Civil da Colômbia divulgou uma nota com o balanço da operação, dizendo que 70% dos corpos estavam na fuselagem e 30% se encontravam espalhados pelo terreno, onde estavam os seis . Segundo as autoridades, os corpos são levados para Medellín, onde o processo de reconhecimento dos falecidos deve demorar cerca de três dias. Em entrevista coletiva, o ministro dos Transportes da Colômbia, Jorge Eduardo Rojas, confirmou que as equipes de busca localizaram as duas caixas-pretas do avião. “Sim, já foram encontradas as caixas-pretas. E elas não tem nenhum perda. Vamos saber tudo que se passou”, disse aos jornalistas no local. Rojas pediu “respeito à investigação”. “Com a caixa-preta não vamos perder nada. Qualquer coisa que falarmos agora será especulação. Os técnicos e especialistas já estão fazendo análises. Deem um tempo à investigação”, ressaltou.

Leia Mais

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo anunciaram medidas em apoio à Chapecoense. Uma delas é a cessão gratuita de jogadores. Outra é um pedido para que a CBF não rebaixe o clube catarinense caso ele esteja entre os últimos quatro colocados nas próximas três edições do Campeonato Brasileiro. Leia a nota na íntegra:

Leia Mais

Atleta do Chapecoense posta vídeo da equipe dentro da Aeronave da companhia La Lamia, que caiu na madrugada desta terça-feira, na cidade de La Unión, departamento de Antioquia, na Colômbia. Assista aqui.

Leia Mais

esporteinterarivo
Atletas com passagem pela Bahia integravam equipe que voava para a Colômbia
Foi confirmado que 48 membros da Chapecoense viajavam para a Colômbia, para disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. Na lista estavam 22 jogadores, 21 jornalistas e três convidados, além da tripulação. A aeronave sofreu um acidente, na madrugada desta terça-feira (29). Atletas com passagem pelo futebol baiano integravam a equipe que viajava para a Colômbia. É o caso de Willian Tiego, Willian Barbio, Ananias (Bahia), além de Cléber Santana, Arthur Maia e o técnico Caio Júnior, que defenderam o Vitória. Dois deles, Ananias e Arthur Maia, foram revelados por Bahia e Vitória, respectivamente. O volante Sérgio Manoel é natural de Xique-Xique, no interior da Bahia, mas não chegou a jogar profissionalmente por clubes baianos. Entre os comentaristas esportivos que estavam no voo, está o ex-jogador e técnico do Vitória, Mário Sérgio. Segundo informações da Aeronáutica Civil da Colômbia, estavam na aeronave Kempes, Cleber Santana, Ananias, Arthur Maia, Bruno Rangel, Denner Assunção, Gimenez, Thiego, Alan Ruschel, Danilo, Jackson Follmann, Lucas Gomes, Sérgio Manoel, Gil, Filipe Machado, Matheus Biteco, Thiaguinho, Neto, Matheus Caramelo, Marcelo, Aílton Canela. Não embarcaram na aeronave os jogadores Neném, Demerson, Marcelo Boeck, Andrei, Hyoran, Martinuccio, Nivaldo e Rafael Lima. Segundo a Telemedellín, emissora colombiana, o aeroporto José Maria Córdova de Rio Negro perdeu o contato com o voo CP2933 da empresa Lamia às 21:33 no horário local, 00:33 no horário de Brasília. A notícia será atualizada na medida que recebemos mais informações. O primeiro jogador da Chapecoense a chegar no hospital foi o lateral esquerdo Alan Ruschel. Há informações de que os goleiros Danilo e Jackson Follmann também já foram resgatados com vida, além da comissária de bordo Jimena Suárez. Devido ao acidente com o voo da Chapecoense, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) confirmou o adiamento das finais da Copa Sul-Americana.

Leia Mais

Palmeiras é o campeão do Brasileirão 2016
Após 22 anos, o Palmeiras voltou a conquistar o título do Campeonato Brasileiro da Série na tarde deste domingo (27). O time paulista bateu a Chapecoense por 1 a 0 e não pode mais ser alcançado por nenhum outro time. Esse é o primeiro título do Palestra desde que o campeonato passou a ser disputado por pontos corridos. Ao todo, o Verdão chegou a sua nona conquista nacional, superando o Santos e se tornando o maior vencedor do Brasileirão, de acordo com a lista da CBF. Faltando um rodada para o fim, o Verdão chegou à 23ª vitória, além de oito empates e seis derrotas. São 77 pontos, sete de vantagem para o segundo colocado. É o time que mais fez gol (60) e menos tomou (31) Antes do apito final, para homenagear o goleiro e ídolo Fernando Prass, o técnico Cuca substituiu o colocou em campo no lugar de Jailson. Prass se machucou no decorrer do campeonato, ficando de grande parte da dos jogos. a recuperação do arqueiro, que ficou de fora da seleção olímpica também devido a contusão, foi considerada surpreendente.

Leia Mais

Especiais

'Ainda existe escravidão no Brasil, precisamos acordar para isso'

Buscar




Vídeos

Delator fala sobre caixa dois para o filho de Zé Dirceu

 

Diário News Bahia - Direitos reservados
E-mail: contato@diarionewsbahia.com.br