Brasil - Diário News Bahia

Entrevistas

'O movimento feminista no Brasil é o mais organizado da América Latina'


Turismo

Destinos saborosos do chocolate brasileiro


Brasil

Marcelo Crivella pode ser declarado inelegível por abuso de poder religioso
Em parecer enviado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o vice-procurador-geral Eleitoral, Nicolao Dino, defende que o atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, seja declarado inelegível por abuso de poder religioso nas eleições de 2014, quando se candidatou ao governo do Estado. O político, que é bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, é acusado pelo Ministério Público Eleitoral de ter utilizado a estrutura da igreja no município de Duque de Caxias, como comitê eleitoral, para a captação de votos em 2014, o que é proibido pela legislação eleitoral. No parecer enviado no Recurso Ordinário 804738/2014, o vice-PGE também defende a inelegibilidade do pastor em Duque de Caxias, William Belo Campos, por ele ter permitido a utilização do templo para promover a candidatura de Crivella. O recurso foi interposto pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro, contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ) que afastou a inelegibilidade. Fiscalização realizada pela Justiça Eleitoral na igreja do município encontrou na mesa do pastor documentos que retratavam o plano de alcançar 400 mil votos. A estratégia previa a convocação de grupos da igreja para realizar a “crivelização”, propaganda em carros de som, organização de carreatas e divulgação da candidatura em feiras do município. Além disso, a equipe apreendeu no templo milhares de fichas cadastrais, com indicação de páginas de Crivella na internet e centenas de formulários pastorais, alguns já preenchidos por fiéis, com destinação de campo específico para o número do título eleitoral. “Esses documentos indicam, de forma clara e precisa, o desvirtuamento de grupos de evangelização para cooptação de eleitores, arregimentação de cabos eleitorais e realização de propaganda eleitoral”, argumenta Dino.

Leia Mais

RICARDO STUCKERT/INSTITUTO LULA
Na Paraíba, Lula e Dilma reinauguram transposição do São Francisco
A ex-presidente Dilma Rousseff participou na tarde de domingo (19) do ato popular de inauguração das obras de transposição do Rio São Francisco, no município de Monteiro, na Paraíba, Eixo Leste da Transposição. Ao lado do também ex-presidente Lula e do governador Ricardo Coutinho, e acompanhada de parlamentares e lideranças políticas e populares, Dilma integrou uma caravana que percorreu 170 quilômetros. No dia 10 de março a transposição foi inaugurada pelo presidente Michel Temer. Durante a cerimônia, Dilma enfatizou que “só a democracia lava a nossa alma” e revelou o seu orgulho de ter realizado o Projeto de Integração do São Francisco (PISF): – “Mais do que um canal, um complexo sistema de estações elevatórias, que, somadas às estações, chegam a uma altura de corresponde a um edifício de 92 andares”, explicou. Ela complementou que ao sair do governo, a obra estava praticamente concluída e havia o compromisso de que chegasse a casa de cada pessoa para atender naquilo que é o princípio da vida, o uso da água como um bem de todos.

Leia Mais

Maurício Lima/AFP
Carne Fraca: agricultores europeus exigem normas de segurança do Mercosul
O principal sindicato de agricultores europeus, Copa-Cogeca, pediu nesta segunda-feira que sejam garantidas as normas de segurança da União Europeia nas negociações em curso com os países do Mercosul, ao expressar sua preocupação com o escândalo da carne brasileira. "A respeito das conversações comerciais com o Mercosul, enviamos uma carta à Comissão Europeia pedindo que sejam cumpridas nossas normas de segurança e que os países do Mercosul garantam o rastreio individual do gado", indica um comunicado do secretário-geral desta organização, Pekka Pesonen. Para Pesonen, o bloco sul-americano não tem os mesmos padrões de segurança que a União Europeia, dando como exemplo "o caso do Brasil", e pediu a Bruxelas que alcance "acordos justos e equilibrados sobre a agricultura em qualquer acordo comercial" para não comprometer os padrões de segurança europeus. A questão da carne é um

Leia Mais

Bernardo Coutinho/A Gazeta
Dono da Telexfree sobre investidores:  'povo burro'
Telexfree em Vitória
Conversas do dono da Telexfree, Carlos Costa, com o sócio Carlos Wanzeler, apresentadas em fevereiro pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal no Espírito Santo, mostram que o empresário zombava dos investidores, chamando-os de “povo burro”. As provas das irregularidades, coletadas durante a Operação Orion em 2014, foram retiradas do sigilo pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Em várias mensagens, Costa e Wanzeler discutiam sobre o percentual de divulgadores que não pediam resgaste das remunerações conquistadas com o negócio e comemoravam o alto índice de reinvestimento na empresa. Os dois também conversaram sobre estratégias para mostrar legalidade no

Leia Mais

ANDA
Proibição do uso de animais em testes de cosméticos será votado na próxima quarta
A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) reúne-se na quarta-feira (22), quando poderá votar,entre outras matérias, o PLC 70/2014, do deputado Ricardo Izar (PP-SP), que proíbe o uso de animais em atividades de ensino, pesquisa e testes laboratoriais de cosméticos, produtos de higiene pessoal e perfumes. O relator é o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que é favorável à aprovação da matéria. Depois da CCT, o projeto vai para a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor, Fiscalização e Controle (CMA). A proposta tramita em

Leia Mais

PF
Passageiros são presos em aeroporto de São Paulo com cocaína e diamantes
Os feltros tinham mais de 3kg da droga
A Polícia Federal apreendeu ontem (16), em voo com destino a Lisboa, em Portugal, feltros engomados com drogas, no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos. Um passageiro foi abordado por policiais federais, durante fiscalização de rotina, e teve suas malas vistoriadas. Os policiais encontraram dentro de duas mochilas, nos forros, 14 pedaços de feltro com odor característico de cocaína. O homem foi conduzido à delegacia para realização de perícia no material. Os exames periciais confirmaram que os feltros estavam engomados com a droga, cujo peso bruto somou mais de 3 Kg. O homem, de 40 anos de idade, equatoriano, foi preso em flagrante e conduzido ao presídio estadual onde permanecerá à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas. Uma brasileira, que

Leia Mais

G1
Polícia Federal desarticula esquema criminoso envolvendo agentes públicos e empresários
A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (17) a Operação Carne Fraca, com o objetivo de desarticular organização criminosa liderada por fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio. A operação detectou, em quase dois anos de investigação, que as Superintendências Regionais do Ministério da Pesca e Agricultura do Estado do Paraná, Minas Gerais e Goiás atuavam diretamente para proteger grupos empresariais, em detrimento do interesse público. Aproximadamente 1100 policiais federais estão cumprindo 309 mandados judiciais, sendo 27 de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão, em residências e locais de trabalho dos investigados e em empresas supostamente ligadas ao grupo criminoso, números que fazem desta a maior operação já realizada pela PF em toda sua história. As ordens judiciais foram expedidas pela 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba/PR e estão sendo cumpridas em 7 estados: São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás.

Leia Mais

Renan recebeu meio milhão em propina, mas achou pouco
Ariel Parente, executivo da Odebrecht
Ariel Parente, um dos executivos da empreiteira Odebrecht, afirma que o senador Renan Celheiros (PMDB-AL) reclamou do valor da propina, de R$ 500 mil em dinheiro vivo, pago pela empresa, em 2010. "Ele achou pouco o valor", disse o delator aos investigadores ao explicar o motivo da insatisfação de Renan. O montante seria usado para a campanha do parlamentar, que atende pelo apelido de "Justiça" na planilha de pagamentos da empreiteira. Ariel conta que se encontrou com Renan em Maceió. O peemedebista era então candidato ao Senado e seu filho, Renan Filho, à Câmara. O patriarca se irritou com o valor oferecido por Ariel , que decidiu entrar em contato com Cláudio Melo Filho, outro diretor da empreiteira que fechou acordo de delação. "Em 2010, como consta da planilha entregue pela minha empresa ao Ministério Público, ocorreu uma contribuição financeira a Renan Calheiros, com codinome “justiça”. Apesar de me recordar desse fato e de o meu nome constar na referida planilha, não fui eu quem tratou com o Senador desta contribuição específica. Na planilha consta como responsável pelo pagamento Ariel Parente, tendo sido aprovada pelo DS João Pacífico", afirmou Melo sobre o episódio.

Leia Mais

Divulgação/ GovBA
Aeroportos de Salvador e mais três são arrematados por R$3,72 bi
Aeroporto de Salvador
Os aeroportos de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza leiloados hoje (16) pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) foram arrematados com ágio médio de 93,75% em relação à oferta mínima prevista (R$754 milhões). As quatro propostas vencedoras, somadas, representam a maior contribuição fixa ao sistema aeroportuário. Os concessionários deverão investir R$ 6,613 bilhões. O valor total final da outorga a ser paga pelo concessionários será de R$ 3,72 bilhões, 23% a mais do que o valor de R$ 3,01 bilhões inicialmente estabelecido pelo Governo. Após o resultado do certame, o diretor-presidente da ANAC, José Ricardo Botelho, ressaltou a relevância do processo de concessões aeroportuárias para alavancar investimentos e trazer concorrência para oferta de serviços diferentes e com maior qualidade. “A concessão desses quatro aeroportos resultará na gestão privada de terminais que representam 12% do total de passageiros processados nos aeroportos do país, o que significa que, 59% dos passageiros do país serão processados nos 10 aeroportos concedidos”, informou.

Leia Mais

A Polícia Federal deflagrou hoje (16) a Operação Fogo de Palha, com o intuito de apurar uso de documentos falsos por interessados na obtenção de autorização de aquisição de armas de fogo. Policiais Federais cumpriram quatro mandados judiciais de busca e apreensão na cidade de Iturama/MG e um mandado judicial de busca e apreensão na cidade de Urânia/SP. As diligências estão relacionadas a inquérito policial, que apura o uso de documentos falsos, em especial declarações de residências e comprovantes de endereços, por pessoas interessadas na obtenção de autorização de aquisição de armas de fogo. Os documentos falsos seriam elaborados por um despachante da cidade de Iturama/MG e posteriormente entregues na Delegacia de Polícia Federal.

Leia Mais

Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Jean Wyllys diz que está sendo ameaçado de morte e pede proteção policial
O deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) denunciou nesta quinta-feira (16) que ele e seus familiares estão sendo vítimas de ameaças de morte. O parlamentar informou que a Polícia Federal e a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, estado onde moram seus familiares, já foram acionados para investigar a denúncia e protegê-los das ameaças. Wyllys ainda disse que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também determinou que a Polícia Legislativa faça a proteção do parlamentar enquanto ele estiver nas dependências da Casa. De acordo com Wyllys, o grupo que o ameaça já foi preso em 2012, na operação Intolerância da Polícia Federal, por alimentar uma página na internet estimulando violência contra mulheres, racismo, pedofilia e outros crimes. Segundo ele, o motivo das ameaças é a sua atuação parlamentar.

Leia Mais

Justiça suspende campanha publicitária que defende Reforma da Previdência
Na avaliação de sindicatos, campanha publicitária difunde informações enganosas e viola princípios da Constituição Federal. (Reprodução/TVT)
A juíza federal Marciane Bonzanini, da 1a. Vara Federal de Porto Alegre, concedeu liminar na ação civil pública impetrada por um grupo de sindicatos do Rio Grande do Sul e determinou a suspensão da campanha publicitária patrocinada pelo governo de Michel Temer (PMDB) em defesa da Reforma da Previdência. Nove entidades sindicais protocolaram, dia 8 de março, na Procuradoria da República do Rio Grande do Sul (PRRS), duas representações solicitando a investigação de atos de improbidade administrativa na campanha publicitária promovida pelo governo federal para defender o projeto da Reforma da Previdência e pedindo a atuação da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, por violação ao direito fundamental à informação. As mesmas entidades ajuizaram uma ação civil pública, que está na 1ª Vara Federal de Porto Alegre, pedindo a suspensão da campanha publicitária do governo Michel Temer sobre a Reforma da Previdência. A ação civil pública sustentou que as peças da campanha do governo Temer não se revestem de caráter educativo, informativo ou de orientação social, como determina a Constituição. Na verdade, argumentaram os autores da ação, “a campanha não versa sobre qualquer programa, serviço ou ação do Governo Federal, nem mesmo sobre o teor da Proposta de Emenda à Constituição que objetiva reformar a Previdência – nenhuma das alterações propostas no texto enviado à Câmara é aludida”. A campanha, diz ainda a ação, “busca tão somente angariar apoio popular a um projeto do Governo Federal – cujo teor não é divulgado nas peças – e o faz por meio da ampla e contundente divulgação de mensagens que não trazem informação alguma, senão disseminam insegurança e medo na população, ao enfatizarem que os benefícios e as aposentadorias podem deixar de ser pagos, caso a reforma proposta pelo Governo Federal não se concretize”. Em sua decisão, a magistrada avaliou que a campanha em questão “não trata de publicidade de atos, programas, obras, serviços ou campanhas dos órgãos públicos, com caráter educativo, informativo ou de orientação social”, como determina a legislação. Trata-se, afirmou Marciane Bonzanini, de “publicidade de programa de reformas que o partido político que ocupa o poder no governo federal pretende ver concretizadas”. A campanha poderia ser realizada pelo partido em questão, o PMDB no caso, diz ainda a juíza, desde que não utilizasse recursos públicos. “O debate político dessas ideias”, acrescenta Bonzanini, deve ser feito no Legislativo, cabendo às partes sustentarem suas decisões. A juíza deferiu o pedido de tutela de urgência, determinado a imediata suspensão, em todo o território nacional, de todos os anúncios da campanha do Poder Executivo federal sobre a Reforma da Previdência nas diversas mídias e suportes em que vem sendo publicadas as ações de comunicação, sob pena de multa diária de 100 mil reais em caso de descumprimento. Bonzanini deu um prazo de 72 horas para o governo federal se manifestar sobre o tema.

Leia Mais

Nilson Bastian / Câmara dos Deputados
Oposição faz vigília no Plenário contra reformas da Previdência e trabalhista
Parlamentares realizaram vigília no Plenário da Câmara em apoio às manifestações de hoje contra as reformas
A oposição protestou na noite de terça-feira (14) contra as reformas da Previdência (PEC 287/16) e trabalhista (PL 6787/16) e também contra o projeto que regulamenta a terceirização (PL 4302/98), em sessão solene no Plenário da Câmara. Durante cerca de quatro horas, até quase 1h da manhã, parlamentares, sindicalistas e representantes de movimentos sociais se revezaram em discursos críticos às reformas. A iniciativa do PT, apoiada pelos demais partidos de oposição ao governo Michel Temer, teve como objetivo fazer uma vigília em apoio às mobilizações nas ruas agendadas para esta quarta-feira (15). O deputado Marco Maia (PT-RS), que presidiu a sessão, afirmou que as reformas da Previdência e trabalhista, se forem aprovadas na forma enviada ao Congresso, trarão enormes prejuízos aos trabalhadores brasileiros. Para o líder do PT, deputado Carlos Zarattini (SP), a reforma trabalhista vai retirar direitos sociais dos trabalhadores, enquanto a reforma previdenciária vai impedir que o povo se aposente, ao impor 65 anos como idade mínima, com pelo menos 25 anos de contribuição. “É uma situação a que dificilmente as pessoas vão chegar, principalmente o trabalhador rural” opinou.

Leia Mais

Hacker invade site do Partido dos Trabalhadores
O site do diretório municipal do PT (Partido dos Trabalhadores) em São Paulo foi vítima de uma ação hacker nesta terça-feira (14), no mesmo dia em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestou depoimento em Brasília pela operação Lava Jato. O ataque virtual só foi percebido pelo diretório na manhã desta quarta (15). A ação dos hackers usou uma imagem alusiva ao desenho "Irmãos Metralha" em que os personagens usavam camisetas vermelhas, da cor do partido, com a sigla do PT. Ao fundo, uma trilha sonora de funk. Em nota, o presidente municipal do partido, Paulo Fiorilo, informou que um boletim de ocorrência será registrado "e tomará as medidas judiciais cabíveis para apurar o motivo do site do PT da capital paulista ter sido hackeado". Do Uol

Leia Mais

bocãonews
Manifestantes ocupam ruas de Salvador contra a Reforma da Previdência
Na manhã desta quarta-feira (15), o Dia Nacional de Paralisação contra as propostas das reformas trabalhista e da Previdência Social do governo Michel Temer, o trânsito em Salvador está praticamente bloqueado nas principais vias. A via principal da Avenida Antônio Carlos Magalhães foi ocupada por milhares trabalhadores. O dia nacional de luta terá participação da Central Única dos Trabalhadores da Bahia (CUTBahia) e outras centrais por toda a Bahia. Os movimentos dos trabalhadores da agricultura familiar e economia solidária, afetados com a reforma da Previdência, convocaram os trabalhadores para fecharem BR, BA e avenidas importantes de diversas cidades pela Bahia. O texto da PEC 287, encaminhado ao Congresso Nacional pelo governo Temer em dezembro do ano passado é considerado por lideranças sindicais como um "desmonte" de todo o sistema previdenciário no Brasil, com objetivo de acabar com diretos adquiridos dos trabalhadores brasileiros, informam os líderes dos movimentos.

Leia Mais

Especiais

'Ainda existe escravidão no Brasil, precisamos acordar para isso'

Buscar




Vídeos

Delator fala sobre caixa dois para o filho de Zé Dirceu

 

Diário News Bahia - Direitos reservados
E-mail: contato@diarionewsbahia.com.br